Ligamos
para você
Fraturas
Uma fratura óssea é a perda da continuidade de um osso, que o divide em dois ou mais fragmentos. As fraturas ósseas são acontecimentos muito frequentes. Embora haja várias causas acidentais de fraturas, cerca de 40% das fraturas acontecem no ambiente doméstico. Algumas fraturas são tão simples que nem chegam a ser percebidas ou resolvem-se espontaneamente, mas outras podem ser tão graves que acarretam risco de morte. Os traumatismos que incidem sobre os ossos com forças superiores a sua capacidade de deformação são as causas mais frequentes de fraturas. Isso acontece, sobretudo, em quedas, pancadas e acidentes, mas há também fraturas que ocorrem devido a impactos mínimos ou até espontaneamente, chamadas fraturas patológicas, as quais se devem a um anormal enfraquecimento dos ossos, devido à osteoporose ou a tumores ósseos. O tratamento das fraturas ósseas depende do tipo e das características delas, mas a cirurgia deve ser considerada como a última opção, reservada para casos especiais como fraturas expostas ou complicadas. O tratamento conservador procura favorecer condições para que ocorra o processo natural de reparação do osso e é variável conforme o osso que tenha sido atingido e o tipo de lesão em causa. Nas fraturas em que tenha havido desvio ósseo é necessário fazer-se a redução da fratura, exercendo tração sobre o membro afetado e fazendo com que as extremidades ósseas voltem a ficar alinhadas e na sua posição anatômica natural. Depois desse alinhamento, o membro afetado deve ser imobilizado, para que não haja dor e possa ocorrer uma reparação da fratura, o que pode ser feito por vários meios. O mais frequente é que seja usada uma tala ou bota imobilizadora ou o suporte com ligaduras elásticas. Conforme o osso atingido ou o tipo de fratura, essa imobilização pode variar de três a oito semanas, ou ainda mais.   


AlongamentoArtriteArtroseAtritoAtrofia do Coxim PlantarBichectomiaBolhasBromidose (Chulé)BursiteCalos e CalosidadeCâncer de MamaCervicalgiaCiatalgiaCinta Pós-CirúrgicaCirurgias faciaisCirurgias PlásticasCólicasConfortoContusõesCOVID- 19Dedo em MarteloDedos em GarraDedos MontadosDeficit de EquilíbrioDeformidades dos DedosDesvio do CalcâneoDiabéticosDistúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT)Doenças VenosasDor de CabeçaDores LombarDores MuscularesEdemaEncurtamento membros inferiores.Epifisite Posterior do CalcâneoEscarasEscolioseEspasmo MuscularEsporão de CalcâneoEstéticas FacialEstrabismoFadiga MuscularFascite PlantarFisioterapia Fortalecimento de MusculaturaFraturasGotaHálux RígidoHematomasHemorróidasHérnia de DiscoHiperextensão do JoelhoHiperqueratoseHipotrofia MuscularIncontinência UrinariaJoaneteJoanete no 5º DedoLCA (ligamento cruzado anterior)LCL (ligamento cruzado lateral)LCM (ligamento cruzado medial)Lesão Por Esforço Repetitivo (LER)Lesão Por PressãoLesões LigamentaresLPC (ligamento cruzado posterior)Luxações e SubluxaçõesMal de HaglundMal Perfurante PlantarMastectomiaMembros AmputadosMetatarsalgiaNeuroma de MortonNeuropatia PeriféricaOlheirasOsteopenia e OsteoporoseParalisiaPé CalcâneoPé CavoPé com Artrite ReumatoidePé de AtletaPé de CharcotPé EquinoPé PlanoPé TalusPé Torto CongênitoPé Valgo e VaroPectus ExcavatumPernas CansadasPós OperatórioPráticas de Exercícios FísicosProblemas de Má CirculaçãoProcedimentos DentáriosQueda dos MetatarsosQueimadurasQueloideReabilitaçãoReniteReumatoideRuptura do Tendão de AquilesSequela de AVCSesamoiditeSíndrome do Canal TarsianoSíndrome do Seio do TarsoSíndrome do Túnel do CarpoSinusiteTendiniteTorcicoloTratamentos FisioterápicosTraumatismo na ColunaTumoração do CalcâneoÚlceras de PressãoUnha EncravadaUnha PretaVaginismoVarizesVerrugas Plantares
Receba Nossas NOVIDADES
© 2022 Ortho Pauher - Todos os direitos reservados. All Rights Reserved
Produzido pela Pixelato